Para agendar sua consulta
entre em contato:
(11) 3262-0621 / (11) 99787-4512.

Atendimento on-line ou presencial na região da Av Paulista. Rua Bela Cintra, 968. - (11) 3262-0621 - Agendamento pelo WhatsApp (11) 99787-4512

  • Início
  • 5 fases de um relacionamento afetivo duradouro

5 fases de um relacionamento afetivo duradouro

Para se sentir satisfeito num relacionamento afetivo primeiro é necessário estabelecer um bom relacionamento consigo mesmo. Olhando os problemas do casal e compreender que parte deles envolve ambos, podemos rever os fatos e evitar cicatrizes desagradáveis.

No entanto, o "relacionamento ideal" com que muitas vezes sonhamos não existe. Por outro lado, existem muitos relacionamentos que funcionam bem.

relacionamento afetivo
Baixar Infográfico

Fases de um relacionamento afetivo duradouro

Quando falamos de fases de um relacionamento afetivo duradouro não queremos dizer que eles são categorias estanques que indicam um único caminho no tempo e espaço para que esse tipo de relação ocorra.

Informamos aqui uma seleção de etapas que parecem ocorrer nos relacionamentos afetivos duradouros de acordo com a literatura consultada.

Assim, pode haver um diálogo entre eles, alterando sua ordem e fazendo com que alguns desses estágios se repitam no tempo, por exemplo.

Fase 1 - Paixão

Nessa fase ocorre o encontro de duas pessoas que idealizam a outra e sentem uma forte atração física, intelectual e afetiva. É o momento em que a outra pessoa parece perfeita.

Fase 2 - União

Essa é a etapa do relacionamento afetivo em que se consolidam as bases da união. O casal decide morar junto, se casar ou viver outra experiência de intensa convivência, geralmente por tempo indeterminado. Há um aprofundamento do vínculo do casal enquanto realizam novas descobertas juntos.

Fase 3 - Desilusão

Aqui pequenas coisas no convívio começam a perturbar a estabilidade do casal que pode se perguntar se é era hora de procurar outro par. É o início do choque de realidade da relação, deixando para trás ilusões anteriores.

Fase 4 - Amor

Ultrapassadas as ilusões nos deparamos com o outro e conosco, desnudos. É o momento de decidir se há força e vontade para continuar juntos. Se o casal segue adiante seus laços estão mais fortes e ligados a mais dimensões de ambos, e não só a uma delas como pode ocorrer na paixão.

Fase 5 - Deixar sua marca

Esse estágio marca um novo horizonte da vida do relacionamento afetivo. o casal se aceita e se sente fortalecido e amparado na relação e isso pode ajudar a construir um propósito de vida em comum que pode afetar o mundo ao redor.


Agendar consulta

O que fazer para conseguir um relacionamento afetivo duradouro?

Bem, vimos algumas fases possíveis de ocorrer em uma relação. Mas como conseguir um relacionamento afetivo duradouro?

Como dissemos mais acima, é essencial que você se respeite e aprecie para alcançar um relacionamento afetivo de qualidade com outra pessoa.

A partir daí você busca alguém com quem possa construir uma relação onde haja confiança e respeito mútuos.

O próprio avanço da idade e suas consequências, como o adoecimento, são fatores que promovem uma releitura acerca do desejo sexual, e abrem espaço para experiências de reformulação do afeto, do companheirismo e da presença do outro.

A aceitação dessas transformações como parte natural do processo de amadurecimento pessoal e conjugal parece ser um traço comum aos casamentos longevos.

Assim, ter uma boa convivência, onde você possa contar com o outro para cuidar de você num momento de necessidade e que em outros momentos cultive um tempo para ficarem juntos- com prazer- são indicadores de que você está num relacionamento que pode ser duradouro.

Ademais, manter uma rotina ou hábitos que tragam segurança ao casal pode ajudar a construir esse relacionamento afetivo duradouro.

Casais em relacionamentos afetivos de longa duração

Atualmente presenciamos uma ressignificação de instituições como o casamento e múltiplas possibilidades de ser casal e ser família.

Em uma pesquisa realizada com jovens, sobre os fatores responsáveis pela duração do casamento, os aspectos mais valorizados foram, pela ordem de frequência: respeito mútuo, amor, confiança, companheirismo e sexo.

Por outro lado, um trabalho de 2017¹ investigou as razões por trás de casamentos de longa duração numa população católica.

As pessoas selecionadas estavam em casamentos de duravam décadas, e foram entrevistadas sobre os motivos da sua manutenção e encontrou-se alguns marcos interessantes para essa dinâmica.

A responsabilidade com a família foi considerada pelo grupo entrevistado como o principal motivo para a manutenção do casamento por muitos anos.

O novo papel social assumido pelos parceiros: esposa e marido- tiveram grande peso na conservação do relacionamento afetivo.

Em segundo lugar, os pesquisadores encontraram que qualidades próprias, do outro e construídas na relação eram outro indicativo para a longevidade da relação.

Os entrevistados destacaram que características como demonstração de afeto, desejar o bem ao outro, ser trabalhador, honesto, otimista, humilde e não se deixar abater diante de dificuldades eram parte do motivo do sucesso do relacionamento afetivo.

Essas qualidades individuais costumam ser observadas e valorizadas pelo cônjuge.

Religiosidade e espiritualidade foram outros aspectos citados pelos investigadores como fatores para a durabilidade do relacionamento afetivo. O respeito e participação ativa na vida espiritual do outro, que pode ou não envolver uma religião organizada, parecem ser características desejáveis num parceiro.

Embora o motivo mais comum se refira às relações familiares, as categorias elencadas referem-se principalmente às relações conjugais, indicando que, para esse grupo, o suporte para a manutenção do casamento por tantos anos é o vínculo com o parceiro.

No entanto, as pessoas procuram equilibrar personalidades e relacionamentos conjugais, o que se reflete na maneira como trabalham, criam os filhos e cada parceiro renova a herança familiar e analisa sua família original.

Como conviver em um relacionamento amoroso?

Para o sucesso de um relacionamento afetivo duradouro é preciso que ambos os parceiros continuem investindo na relação.

A manutenção do interesse afetivo, intelectual, físico se reflete em gestos e ações que devem estar presentes.

Gestos de carinho podem ser mais do que carícias, podem envolver ações de cuidado e atenção com o parceiro.

Perguntar como o outro está se sentindo, como foi seu dia, são ações que podem demonstrar o interesse genuíno no outro e seu mundo.

Por que os relacionamentos acabam?

Resumidamente podemos dizer que os relacionamentos afetivos amorosos podem acabar, diante de tudo o que já dissemos, se não houver uma boa vinculação entre o casal.

Ou seja, se não houver diálogo e respeito, inclusive ao espaço individual de cada um.

Além de cessar a dedicação contínua para melhorar o relacionamento de uma ou ambas as pessoas.

Mas você não precisa esperar seu relacionamento chegar a esse ponto.

O que fazer se o relacionamento não vai bem?

Caso o seu relacionamento afetivo amoroso não esteja indo muito bem e você não consiga encontrar um motivo, e esteja preocupado, você pode buscar ajuda profissional.

Um psicólogo pode lhe ajudar a se conhecer melhor, incluindo como você age no mundo e as consequências disso para seu relacionamento atual.

Agende sua consulta e descubra como você pode melhorar seu relacionamento afetivo consigo mesmo e com o parceiro.

Referências

ALVES-SILVA, Junia Denise; SCORSOLINI-COMIN, Fabio; SANTOS, Manoel Antônio dos. Bodas para uma vida: motivos para manter um casamento de longa duração. Temas em Psicologia, v. 25, n. 2, p. 487-501, 2017.

CAMPOS, Suzana Oliveira; SCORSOLINI-COMIN, Fabio; DOS SANTOS, Manoel Antônio. Transformações da conjugalidade em casamentos de longa duração. Psicologia Clínica, v. 29, n. 1, p. 69-89, 2017.

ImprimirEmail

Marisa de Abreu Alves
Psicóloga
CRP 06/29493


psi2

Escolha Aqui seu Psicólogo - Quanto Custa a Psicoterapia? - Informações Gerais
Consulta com Psicólogo - Agende Aqui

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.
Escolha aqui seu Psicólogo
Quanto custa a psicoterapia
Informações gerais
Consulta com psicólogo
Agende
aqui

AGENDE SUA CONSULTA

(11) 3262-0621 / Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Unidade Paulista

Rua Bela Cintra, 968
(Av. Paulista)