Skip to main content

Psicoterapia Cognitiva

As palavras cognitiva/cognição se referem à “conhecer”.

 

A psicoterapia cognitiva estuda a forma como você conhece e reconhece o mundo. Cada elemento é identificado por uma pessoa conforme o que conhece do mundo. Por exemplo, uma pessoa que foi obrigada a ir para o quarto como forma de castigo por ter feito algo errado poderá ter uma percepção bem diferente, mais negativa, deste ambiente do que uma pessoa que teve oportunidade de associar o quarto com um local aconchegante de descanso. Ele passou a conhecer o quarto como um local desagradável. Sendo assim um quarto, por exemplo, não terá o mesmo sentido para todas as pessoas. Cada um tem sua percepção, conforme sua história de vida.

A psicoterapia cognitiva analisa as cognições que trazem prejuízo para a vida atual. O caminho para identificar estas cognições será o caminho inverso, ou seja, a partir dos eventos atuais negativos o psicólogo cognitivo ajudará a reconhecer a cognição disfuncional e orientará para a obtenção de uma nova formulação mais adequada.

Psicologos para psicoterapia cognitivaSituações onde pode ser aplicada a psicoterapia cognitiva:

- Situações onde haja sofrimento, no avião, por exemplo, sentir um suor escorrendo pelo corpo, a barriga esfria e sente vontade de sair correndo deste local.

Trabalho da psicoterapia cognitiva: O primeiro passo poderia ser identificar quais são os pensamentos que surgem quando o medo parece. Mesmo que estes pensamentos não sejam identificados prontamente com palavras claras há uma “impressão” negativa que invade esta pessoa, por exemplo: “o avião vai cair, vou morrer, não há como um objeto tão pesado ficar suspenso no ar”.

Tendo este material em mãos a psicoterapia cognitiva orienta para que a própria pessoa possa elaborar outras formas de pensar que poderiam ser mais claras e verdadeiras. Pode-se também buscar informações fora da sessão. Pode-se identificar em sua própria história de vida as associações que esta pessoa faz com o avião – já atendi uma pessoa que associava avião com um episódio (que não era mais lembrado, mas foi relembrado na psicoterapia) onde passou muito mal dentro de um carro, e partir daí ele associou toda situação de estar fechado com passar mal. Para que estas novas cognições se tornem “novas verdades sentidas na pele” e não apenas uma informação sem repercussão a psicoterapia cognitiva pode sugerir exercícios onde serão vivenciados a nova cognição. Estes exercícios podem ser feitos por escrito ou podem ser tarefas de aproximação sucessiva para dessensibilização.

- Em outro exemplo, uma pessoa leva uma fechada no transito e sua raiva é levada a níveis elevados.

Trabalho da psicoterapia Cognitiva: primeiro passo poderia ser identificar quais são os pensamentos que lhe passam à mente e lhe desestruturam. Por exemplo: “ninguém tem o direito de passar na minha frente, estas pessoas só pensam em si mesmas, eu sou sempre deixado em segundo plano”. Estes pensamentos nem sempre são fáceis de identificar, muitas vezes a única coisa que a pessoa consegue é saber que isso a deixa louca de raiva. É neste momento que o psicólogo cognitivo deve aplicar toda sua bagagem e ajuda-lo a identificar os pensamentos mais profundos e difíceis de reconhecer. Estes pensamentos oferecem uma quantidade enorme de informação sobre esta pessoa, pois as interpretações que cada um faz dos eventos do dia a dia tem tudo a ver com suas experiências anteriores de vida e seus conteúdos internos.

O segundo passo é fazer a reestruturação cognitiva, onde estes pensamentos são transformados em algo mais funcional e adequado as necessidades. Muitas vezes o caminho será de volta a experiências anteriores e uma reestruturação não apenas das cognições atuais mas das cognições originais, onde a problemática foi instalada.

Referencia: Terapia Cognitiva. Judith S. Beck

Agende sua consulta >> Ligue no (11) 3262-0621 ou clique aqui

Consulte um psicólogo
Marisa de Abreu Alves | Psicóloga CRP 06/29493

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.

Artigos


Fique por dentro das últimas novidades em temas de psicologia e psicoterapia!

Terapia para Síndrome do Pânico

Terapia para Síndrome do Pânico perto de mim

Transtorno Borderline tratamento

Transtorno Borderline tratamento com psicoterapia

tratamento para Síndrome do Pânico

Guia de tratamento para Síndrome do Pânico e suas comorbidades

tratamento para transtorno de personalidade borderline

Qual o tratamento para transtorno de personalidade borderline?