Para agendar sua consulta
entre em contato:
(11) 3262-0621 / (11) 99787-4512.

Atendimento on-line ou presencial na região da Av Paulista. Rua Bela Cintra, 968. - (11) 3262-0621 - Agendamento pelo WhatsApp (11) 99787-4512

  • Início
  • 5 Tratamentos Psicológicos para Pensamentos Negativos

5 Tratamentos Psicológicos para Pensamentos Negativos

Os pensamentos negativos são grandes causadores de desconforto, podendo causar sensações de insegurança e ansiedade. 

Enquanto seres pensantes é comum que estejamos a todo momento pensando em alguma coisa, seja ela boa ou ruim. Entretanto, há alguns pensamentos que se tornam obsessivos em nossa mente, de forma a atrapalhar nossa rotina e qualidade de vida, causando um grande mal-estar. 

O que os pensamentos negativos podem causar?

Esses pensamentos podem distorcer a nossa visão da realidade.

É importante entender que pensamentos são idéias que surgem na nossa cabeça, sendo a forma pela qual entendemos a vida. Através deles temos a possibilidade de entender o mundo que nos cerca, interagir e responder a ele. Normalmente, respondemos com sentimentos e sensações aquilo que pensamos. Quando falamos de pensamentos negativos, nos referimos aqueles que causam sensações desagradáveis orgânica e psiquicamente falando.

Baixar infográfico!

Como identificar os pensamentos negativos?

Identificar os pensamentos negativos é uma forma de compreender o que está nos causando desconforto.

Se algo te faz feliz, a sensação pode ser de bem-estar. Entretanto, se esses pensamentos não são agradáveis e aparecem de forma recorrente, te fazendo muitas vezes pensar muito antes de fazer alguma coisa, te deixando com uma pulga atrás da orelha, te causando inseguranças, te deixando uma pessoa cada vez mais ansiosa, provavelmente falaremos de pensamentos negativos. A seguir alguns exemplos:

 

  • “Eu não me sinto capaz”
  • “Isso não dará certo nunca”
  • “Eu acho que ninguém gosta de mim”
  • “Eu não sou boa ou bom o suficiente”
  • “Para que vou tentar se não irei conseguir?”
  • “Eu não posso confiar em ninguém”

 

Não há uma pessoa que esteja completamente protegida contra os pensamentos negativos, afinal, eles ocorrem pelos mais diversos motivos, entretanto, quando isso se torna recorrente, te causando grandes sofrimentos, como perda do desejo em conquistar coisas básicas, de se alimentar, de se sentir suficiente ou agradável para alguém, de achar que tudo está contra você ou que as coisas nunca darão certo, pode ser um sinal de que você está tendo pensamentos negativos recorrentemente, para isso é importante que procure um profissional qualificado para te ajudar. 

O que fazer para parar de pensar em coisas ruins?

A seguir veja 5 formas de lidar com pensamentos negativos

1. Identificar se o que você está pensando condiz com os fatos da realidade.

Uma forma de lidar com os pensamentos negativos é fazendo um teste de realidade. Você pode comparar o que está pensando com a realidade que o cerca, verificando se eles condizem com o que está acontecendo. Lembrando que pensamentos são idéias que habitam dentro de nossas mentes, mas que não necessariamente condizem com a realidade que vivemos.  

2. Entender em quais lugares e com quais pessoas esses pensamentos ficam mais intensos

Uma outra forma de tratar pensamentos negativos, é entender onde e quando eles são mais frequentes. Isso pode te ajudar a compreender de onde ou de quem eles vêm. Muitas vezes, depositamos uma importância imensurável no que o outro diz sobre nós, e acabamos tomando isso como uma verdade absoluta. Um exercício interessante pode ser pensar em que contextos e perto de quais pessoas você se sente assim e por quê. 

3. Observar há quanto tempo você está se sentindo assim e o que pode ter iniciado esses pensamentos

É importante prestar atenção na frequência desses pensamentos, para não confundir o desconforto de uma insegurança frente às novidades, por exemplo, com pensamentos recorrentes que atrapalham sua qualidade de vida. Um outro exercício importante, é a reflexão sobre o momento em que esses pensamentos começaram a aparecer e como você se sentia antes disso. Essa pode ser uma forma de identificar o que tem ocasionado isso.

4. Trabalhar o tipo de relação de confiança que você estabelece consigo mesmo e com o outro

Não é incomum depositarmos no outro o papel de detentor (a) da verdade. Com isso, acabamos nos importando muito mais com o que dizem sobre nós ou o que pensam, do que sobre o que realmente somos. Por esse motivo, é necessário trabalhar a forma como nos relacionamos com as pessoas e o papel que elas ocupam na nossa vida.

5. Mudança de foco 

Pode ser interessante a tentativa de não dar completa atenção a determinados pensamentos. 

Quando conseguimos identificar alguns aspectos que atravessam os pensamentos negativos, podemos começar a dar menos importância a eles e valorizar outras coisas que precisam da nossa atenção e que podem ajudar a nos organizarmos melhor psicologicamente.

Agendar consulta

Recursos Adicionais:

  • Meditação
  • Ter uma rede de apoio e de confiança
  • Fazer algo que lhe agrade e te faça resgatar o bem-estar

Conclusão

Ter pensamentos negativos podem fazer parte do nosso cotidiano, mas a frequência e intensidade dirá o sofrimento que eles nos causam. Por esse motivo, procure um profissional para lhe ajudar, pois um outro passo importante para tratar esses desconfortos, é o reconhecimento de que eles existem e da compreensão do impacto que eles causam em sua vida.

ImprimirEmail

Marisa de Abreu Alves
Psicóloga
CRP 06/29493


psi2

Escolha Aqui seu Psicólogo - Quanto Custa a Psicoterapia? - Informações Gerais
Consulta com Psicólogo - Agende Aqui

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.
Escolha aqui seu Psicólogo
Quanto custa a psicoterapia
Informações gerais
Consulta com psicólogo
Agende
aqui

AGENDE SUA CONSULTA

(11) 3262-0621 / Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Unidade Paulista

Rua Bela Cintra, 968
(Av. Paulista)