Para agendar sua consulta
entre em contato:
(11) 3262-0621 / (11) 99787-4512.

Atendimento on-line ou presencial na região da Av Paulista. Rua Bela Cintra, 968. - (11) 3262-0621 - Agendamento pelo WhatsApp (11) 99787-4512

  • Início
  • Gatilhos emocionais: 5 dicas para identificar essas armadilhas

Gatilhos emocionais: 5 dicas para identificar essas armadilhas

Há certas situações que te causam grande desconforto e que podem desencadear determinados comportamentos não desejáveis. Entretanto, apesar de sentir o efeito dessas situações, você pode ter dificuldade de identificar quais são elas, assim como o motivo pelo qual elas te afetam tanto. 

Por esse motivo, é de grande importância entender o que são e como elas podem te afetar, para que assim possam ser identificadas e cuidadas da melhor forma possível.  

O que são Gatilhos Emocionais?

Podemos considerar gatilhos emocionais aquelas situações pontuais que desencadeiam uma série de emoções que outras situações não causariam. A grande questão destes gatilhos é que muitas vezes não os identificamos, fazendo com que seu efeito seja duradouro e continue interferindo na sua qualidade de vida. 

Não há como mencionar uma única situação, pois cada pessoa pode ter tido uma experiência diferente que deixou registrado no campo psicológico um trauma ou desconforto. Essa sensação incômoda pode aparecer a partir de qualquer momento quando o gatilho é “ativado”. 

Esse gatilho pode ser ativado quando você revive uma situação semelhante àquela que ficou registrada, seja consciente ou inconscientemente. Por exemplo, situações de humilhação, de vergonha ou  constrangimento, de nervosismo, de ansiedade, de insegurança ou qualquer outra que possa ser considerada desconfortável. 

 Baixar E-book!

Como identificar os Gatilhos Emocionais?

Se você deseja entender os efeitos desses gatilhos emocionais, é importante que você saiba como identificá-los. A seguir, você verá 5 dicas de como fazer isso: 

1) Saiba o que está sentindo

Um primeiro ponto a ser levado em consideração é o entendimento do que está sendo sentido. Diversas são as reações causadas por esses gatilhos emocionais. Você pode estar se sentindo triste, com raiva, irritado, entre outros sintomas. Por isso, em um primeiro momento, é importante saber nomear que tipo de reação você está sentindo.

2) Você consegue controlar essas emoções?

Outra coisa importante para você se atentar é o quanto essa emoção pode ser controlada. Muitas vezes os gatilhos emocionais te atravessam de forma tão abrupta que parece ser impossível controlar. Por isso, identificar a intensidade com a qual você as sente, tem um papel importante. 

3) Perceba em quais situações isso se intensifica 

Perceber em quais situações essas emoções ficam mais intensas podem te ajudar a descriminar o que pode ou não estar sendo um gatilho para você. Por exemplo, você pode se sentir triste ao assistir um filme sobre lição de vida, mas isso não necessariamente significa que este te cause um enorme desconforto emocional, foi apenas algo triste que você assistiu. Entretanto, se você está no local de trabalho, na faculdade ou em qualquer outro ambiente e passa por determinada situação, esta pode lhe causar uma forma intensa de sofrimento e desconforto, por isso é importante tentar entender que situações são essas e como elas te afetam.

4) Tente lembrar se já viveu uma situação semelhante

Se você conseguiu se atentar à dica anterior e percebeu em que situações determinadas emoções se intensificam, você pode fazer um exercício de resgatar na memória se já vivenciou algo semelhante, pois muitas vezes esse gatilhos emocionais, são desconfortáveis por nos lembrarem de situações já vivenciadas que ainda nos afetam.

5) Se pergunte sobre o quanto isso atrapalha sua rotina

Como mencionado na dica número 3, assistir um filme sobre lição de vida, pode te causar uma sensação de tristeza, mas não significa que isso te atrapalhe no dia a dia. Por outro lado, os gatilhos emocionais podem afetar suas atividades cotidianas, inclusive te impedindo de realizá-las devido ao desconforto. 

Agendar consulta

Como lidar com os Gatilhos Emocionais?

Algumas dicas foram mencionadas para te auxiliar a identificar esses gatilhos emocionais, mas é totalmente compreensível caso você não consiga fazer isso sozinho(a). Isso pode ocorrer devido à intensidade com a qual a emoção de atravessar, causando um momento tão desconfortável que você mal consegue pensar em qualquer outra coisa, a não ser se livrar daquela sensação. Por esse motivo, algumas coisas podem ser feitas para te ajudar a se acalmar e lidar melhor com esses momentos:

  • Procurar um profissional qualificado;
  • Trabalhar a respiração nesses momentos pontuais;
  • Se aproximar de práticas e atividades que te causem maior sensação de conforto;
  • Estar próximo às pessoas em quem confia, mesmo que virtualmente, se este for o caso.

Estes são apenas algumas coisas que podem ser feitas, o mais importante é compreender o quanto isso te afeta, mesmo que não consiga de prontidão identificar o que é isso que te afeta, pois a partir do momento que você entende o quão desconfortável algo está, você pode procurar uma ajuda para lidar com isso da melhor forma possível.

Por isso, não hesite e saiba que você pode procurar um profissional para te orientar e te auxiliar da forma mais adequada nesse momento.

ImprimirEmail

Marisa de Abreu Alves
Psicóloga
CRP 06/29493


psi2

Escolha Aqui seu Psicólogo - Quanto Custa a Psicoterapia? - Informações Gerais
Consulta com Psicólogo - Agende Aqui

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.
Escolha aqui seu Psicólogo
Quanto custa a psicoterapia
Informações gerais
Consulta com psicólogo
Agende
aqui

AGENDE SUA CONSULTA

(11) 3262-0621 / Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Unidade Paulista

Rua Bela Cintra, 968
(Av. Paulista)