Para agendar sua consulta
entre em contato:
(11) 3262-0621 / (11) 99787-4512.

Unidade I: Rua Bela Cintra, 968 (Paulista) - Unidade II: Rua Frei Caneca, 33 (Consolação) - (11) 3262-0621 - Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Obsessivo-Compulsivo - TOC

 

O TOC, Transtorno Obsessivo Compulsivo - identificado popularmente pelo nome de manias, como por exemplo, lavar as mãos muitas vezes por dia, não dormir enquanto não verificar várias vezes se a porta está trancada, alinhar os quadros indefinidamente, colecionar objetos inúteis como jornais velhos ao ponto de impedir a livre circulação pela casa, etc.

Também se refere a pensamentos fixos como por exemplo estar contaminado por bactérias, pensamento fixo de que alguém que você gosta pode morrer, dúvidas esmagadoras quanto a questões irrespondíveis como “para onde vamos quando morremos?”, “estão pensando mal de mim”, etc.

Depressão x TOC

É comum que portadores do transtorno obsessivo compulsivo escondam seus sintomas por vergonha. É comum acreditar que os outros possam não entender porque, por exemplo, ele precisa abrir a porta do carro três vezes antes de entrar, pois não tem sentido, mas ele se sente compelido a agir assim e pode sentir-se deprimido por perceber-se disfuncional.

O TOC é dividido em Obsessões e em Compulsões

Obsessão se refere a pensamentos intrusivos, pensamentos que invadem a mente e permanecem constantes até mesmo que a pessoa queira pensar naquilo.

Compulsão se refere aos comportamentos. As coisas que a pessoa faz - que são absolutamente sem sentido, mas se sente compelida a fazer. Exemplos clássicos são os rituais de verificar portas, lavar e limpar e organizar o que não precisa ser organizado.

Agende sua consulta >> Ligue no (11) 3262-0621 ou clique aqui

Rituais x TOC

O transtorno obsessivo compulsivo tem como característica a entrega aos rituais.

Alguns temas mais comuns:

psicologo para tratar toc transtorno obsessivo compulsivo

- Limpeza. Origina-se do medo da contaminação. A pessoa fica avessa à sujeira de uma forma muito exagerada e passa a limpar, lavar, desinfetar tudo o que acha que possa estar sujo, de forma exagerada podendo chegar a passar noites em claro esfregando a casa.

- Repetição. A pessoa repete um certo número de vezes o mesmo comportamento. Por exemplo para chegar até a porta ela sente que tem que dar cinco passos, se não der os cinco passos sente compulsão a voltar e fazer novamente até estar correto.

- Verificação. A pessoa passa horas verificando se as coisas estão da forma que ela considera ideal, nos lugares certinhos, por exemplo um deve estar copo no ponto exato da prateleira.

- Acumulo. A pessoa passa a acumular coisas inúteis até mesmo quebrados e sujos. Tem gente que guarda lixo em casa de forma a não sobrar espaço para passar pelos corredores. Eventualmente a televisão mostra algum caso de TOC onde pessoas além de não sair de casa também não deixam ninguém entrar pois sentem vergonha se si mesmas, mas ainda assim não consegue se conter.

- Ordem e simetria. Se refere a sensação de que as coisas tem que estar naquela ordem que a pessoa considera a correta, ou tudo simétrico. Exemplos: Se ela tomou um gole de água vai ter que tomar outro só para formar um numero par, se passou pela porta os ombros tem que estar alinhados com o batente. Enfim, muitos comportamentos ilógicos nos faz desconfiar do diagnóstico de TOC.

Perdas x TOC

Um dos problemas relacionados com o transtorno obsessivo compulsivo é a perda de tempo, de amigos, de oportunidades de trabalho.

O TOC pode dificultar a capacidade de colocar limites para si mesmo. Tudo parece que funciona sem um fim. Enquanto que uma pessoa sem o TOC pode deixar de pensar em um problema ou deixar para pensar sobre determinados assuntos em outros momentos, uma pessoa com TOC pode não conseguir parar de manifestar um comportamento mesmo que considere inadequado ou absurdo.

O sofrimento pode ser maior caso haja pensamentos obsessivos e impróprios, que podem ter conteúdo sexual ou coisas que não ela gosta de pensar.

Fonte: Terapia Cognitiva Comportamental na pratica psiquiatrica - Paulo Knapp e colaboradores 

Marisa de Abreu Alves
Psicóloga
CRP 06/29493


psi2

Escolha aqui seu Psicólogo - Quanto custa a psicoterapia? - Informações gerais
Consulta com psicólogo - Agende aqui

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.
Escolha aqui seu Psicólogo
Quanto custa a psicoterapia
Informações gerais
Consulta com psicólogo
Agende
aqui

AGENDE SUA CONSULTA

(11) 3262-0621 / Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Unidade I

Rua Bela Cintra, 968
(Av. Paulista)

Unidade II

Rua Frei Caneca, 33
Centro - SP