Para agendar sua consulta
entre em contato:
(11) 3262-0621 / (11) 99787-4512.

Unidade I: Rua Bela Cintra, 968 (Paulista) - Unidade II: Rua Frei Caneca, 33 (Consolação) - (11) 3262-0621 - Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Epicteto

 Um filosofo que influenciou a Terapia Cognitiva foi Epíteto.

As idéias deste filosofo são muito interessantes. Você poderá ver como é uma forma prática de pensar sobre a vida. Prática e atual, porque apesar dele ter vivido lá pelo ano 100 depois de cristo, o que foi dito ainda são muito atuais.

Psicologo Terapia CognitivaFilosofo Epicteto x Psicologia Cognitica

Epíteto acreditava na necessidade de treinamento para o refinamento gradual do comportamento. Ele dizia que o progresso individual não é um privilégio de alguns, e nem é adquirido por acaso ou por sorte, mas o progresso individual é sempre resultado do trabalho de si mesmo – diariamente.

E é assim que a terapia cognitiva funciona, como um treinamento diário de forma que cada dificuldade vai sendo superada dia a dia. Epicteto ensinava a arte de viver com sabedoria.

A psicologia Cognitiva abraçou muito das idéias deste filósofo porque a meta principal tanto da psicologia como da filosofia é ajudar as pessoas a enfrentarem positivamente os desafios e lidar com as grandes perdas, decepções e mágoas da vida. Enfim para se viver a melhor vida possível, tendo liberdade e tranqüilidade interior, viver com a alma mais leve. E o caminho pra isso é o uso da razão, da lógica, da ponderação.

Perfeição

Considero Epíteto um gênio porque não buscava a perfeição humana, buscava o progresso. Ele já sabia que essa tal de perfeição não existe, mas existe sempre a possibilidade de você hoje ser uma pessoa um pouco melhor, e mais feliz que ontem, amanhã um pouco mais feliz que hoje e assim por diante. E isso que importa. Eu vejo tantos pacientes que eu atendo na clinica sofrendo tanto por causa dessa busca da perfeição, sofrem porque não são pessoas perfeitas, não são amigos perfeitos, funcionários perfeitos. Mas o caminho não é esse, o caminho é saber que você pode sempre melhorar, não importa em que patamar você se encontra hoje, o que importa seria perceber seu crescimento.

Receita para uma boa vida

Epíteto tinha uma receita para se ter uma boa vida. Os três pontos principais são: Dominar seus desejos. Desempenhar suas obrigações. E aprender a pensar com clareza.

O 1º - Dominar seus desejos. Nem tudo o que as pessoas desejam seria necessariamente o melhor pra elas. Muitas vezes a gente deseja coisas que nem sabe que é uma bela de uma fria. Como por exemplo a moça que faz regime e sabe o quanto vai se odiar depois de comer aquele pedaço de doce.

2º Desempenhar as obrigações. Exemplo: segunda feira de manhã, dá a maior preguiça e lá vem a tentação de ligar pra empresa e mentir dizendo que está doente. O que fazer? Ceder à preguiça?

3º Aprender a pensar com clareza. Essa é a base da terapia cognitiva. Aprender a pensar corretamente. A vida da gente é cheia de dificuldades, o que me faz lembrar da prece da serenidade: “Concedei-me serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, Coragem para mudar o que posso, e Sabedoria para reconhecer a diferença”. Apesar dessa frase não ser de Epíteto, ela representa bem sua filosofia.

Felicidade x Liberdade

Segundo este filósofo felicidade e liberdade começam com a compreensão clara de um princípio: Algumas coisas estão sob seu controle, outras não. O que está sob seu controle, o que você pode mudar são: Suas opiniões, suas aspirações, seus desejos, as coisas que te causam repulsa.

Agora o que está fora do seu controle: O tipo de corpo que você tem, a maneira como você é visto pelos outros, como os outros pensam ou se comportam.

Desejos

Outro item interessante que Epíteto menciona: “Nossos desejos são déspotas impacientes. Eles exigem satisfação imediata”. “Os teus desejos te ordenam para que voce se apresse”.

Culpa

Se são os nossos sentimentos sobre as coisas que nos perturbam e não as coisas em si, culpar os outros pode ser uma tolice.

Epíteto diz: As pessoas mesquinhas atribuem a culpa dos seus sofrimentos aos outros. As pessoas comuns atribuem a culpa a si mesmas, se sentem culpadas por tudo. Mas as pessoas sábias compreendem que atribuir a culpa aos outros ou a si mesmos é tolice, e não se ganha nada culpando seja quem for.

Fonte: Sharon Lebell - Epicteto A arte de viver

Agende sua consulta >> Ligue no (11) 3262-0621 ou clique aqui

psi2

Escolha aqui seu Psicólogo - Quanto custa a psicoterapia? - Informações gerais
Consulta com psicólogo - Agende aqui

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.
Escolha aqui seu Psicólogo
Quanto custa a psicoterapia
Informações gerais
Consulta com psicólogo
Agende
aqui

AGENDE SUA CONSULTA

(11) 3262-0621 / Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Unidade I

Rua Bela Cintra, 968
(Av. Paulista)

Unidade II

Rua Frei Caneca, 33
Centro - SP