Para agendar sua consulta
entre em contato:
(11) 3262-0621 / (11) 99787-4512.

Unidade I: Rua Bela Cintra, 968 (Paulista) - Unidade II: Rua Frei Caneca, 33 (Consolação) - (11) 3262-0621 - Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Auto sabotagem

 

- Mulher troca de namorado com muita frequência, foi traída muitas vezes, mas cada vez arruma outro igualzinho o anterior, com os mesmos defeitos.
- Homem tem um chefe difícil de agradar, mas não é que esse chefe é igualzinho ao seu pai?

Coincidência ou auto-sabotagem?

Comportamentos repetitivos devem ser observado com mais atenção pois podem indicar auto sabotagem.

Considero auto sabotagem a tendência em repetir atitudes destrutivas.

Psicologo para tratar autosabotagemComportamento repetitivo

Nossa vida é feita também de comportamentos repetitivos, por exemplo, você escova os dentes todos os dias, mas se alguém lhe perguntar quantas vezes escovou hoje talvez você tenha que pensar se escovou mesmo. Lembra-se de ter fechado a porta hoje? Não? Porque não lembra? Porque esse é um comportamento repetitivo. É automático.

Estes comportamentos são inofensivos, mas podemos observar os comportamentos repetitivos que nos destroem.

Observe o exemplo da mulher que só arruma namorado que a trai. Será que 100% dos homens traem, ou 100% dos homens que ela coloca na vida dela a traem? Porque ela faz isso?

Como nos autossabotamos

Creio que o inicio desta compreensão pode estar nos comportamentos automáticos. Nós nos automatizamos. Quando trocamos a marcha do carro não pensamos: “Agora está na hora de pisar na embreagem e trocar de segunda para terceira”? Não, nós simplesmente trocamos. Porque? Porque automatizamos comportamentos. O problema é quando automatizamos atitudes que nos fazem mal. Ex: Você já comeu meio ovo de páscoa, nem está mais gostando de comer tanto chocolate, mas continua até se empanturrar e se arrepender de ter comido tanto? Isso pode ser auto-sabotagem.

Veja o exemplo do homem que trai sua esposa com pessoas que nem são tão importantes assim para ele, mas ele continua nesses relacionamentos mesmo sabendo do risco de acabar seu casamento, e acabar por nada, por alguém que significa muito pouco. Porque ele continua nesse ciclo vicioso? Porque ele faz coisas que destroem a própria vida?

Porque a mulher que tinha um namorado agressivo, troca de namorado e arruma outro também é agressivo? Mas que coincidência seu pai era agressivo? Será coincidência?

Repetimos padrões da infância mesmo que esses padrões estejam prejudicando nossa vida.

Como mudar

Conscientizar-se sobre o ciclo da repetição pode ser um passo para superação. Por exemplo: Perceber que você está trocando de mulher, mas toda vez está com o mesmo tipo de mulher que não te agrada. Perceber que troca de namorado , mas está sempre com a mesmo tipo de pessoa sem atitude. O comerciante que está sempre arriscando um novo negócio, que nunca dá certo, mas quando vai ver lá está ele de novo fazendo a mesma coisa. O amigo que vive te pedindo dinheiro emprestado e nunca devolve, você continua emprestando? Finais de semana inteiros que você passa no sofá, e no domingo à noite está morto de arrependimento por não ter feito nada, promete que no próximo fim de semana vai ser diferente, mas no próximo faz tudo igual. 

Agende sua consulta >> Ligue no (11) 3262-0621 ou clique aqui

Porque as pessoas se sabotam

Não há uma unica causa, cada pessoa tem suas particularidades. Talvez alguns tenham vivido uma infância inteira se sentindo inadequadas, talvez tenha havido pessoas fazendo-as se sentirem sem direitos, sem direito de se expressar ou de simplesmente fazer parte da vida, talvez ninguém nunca as tenha visto como pessoas interessantes.

A sabotagem pode ocorrer quando existe uma compulsão a repetição. As pessoas podem acreditar que não há chance em sair desta auto sabotagem. Eles podem ter aprendido que essa era a coisa certa a fazer. Talvez a família tenha zombado das pessoas que faziam as coisas de forma diferente, e assim a criança aprende que só uma forma de fazer as coisas, que será da forma que sua família fazia, por exemplo, os pais são alcoólatras e a casa é uma bagunça, então a criança acredita que é assim que as casas são. Quando a criança cresce e observa outros estilos de vida pode perceber que o estilo da sua não é o único nem o melhor.

 

Marisa de Abreu Alves
Psicóloga
CRP 06/29493


psi2

Escolha aqui seu Psicólogo - Quanto custa a psicoterapia? - Informações gerais
Consulta com psicólogo - Agende aqui

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.
Escolha aqui seu Psicólogo
Quanto custa a psicoterapia
Informações gerais
Consulta com psicólogo
Agende
aqui

AGENDE SUA CONSULTA

(11) 3262-0621 / Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Unidade I

Rua Bela Cintra, 968
(Av. Paulista)

Unidade II

Rua Frei Caneca, 33
Centro - SP