Para agendar sua consulta
entre em contato:
(11) 3262-0621 / (11) 99787-4512.

Unidade I: Rua Bela Cintra, 968 (Paulista) - Unidade II: Rua Frei Caneca, 33 (Consolação) - (11) 3262-0621 - Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Amor inteligente

Entrevista cedida para o Caderno Folha Mulher

Psicologo para tratar amor inteligente

Amor inteligente

Diferença entre perdoar e voltar a um relacionamento abusivo

Folha: Uma moradora de Santos, no litoral de São Paulo, surpreendeu amigos e familiares ao resolver perdoar e voltar a namorar um rapaz que divulgou na internet vídeos íntimos que mostravam ela praticando sexo oral com ele (Caderno Folha Mulher)

O que leva uma mulher a ficar em um relacionamento abusivo

Alguns fatores podem levar uma mulher a manter-se em um relacionamento abusivo, por exemplo: medo da solidão, sensação de incapacidade de administrar a própria vida como por exemplo encontrar um imóvel para morar e analisar contratos de locação ou compra, incapacidade em lidar com a redução de nível econômico proporcionada pelo parceiro, incapacidade em lidar com um novo estado civil e com isso medo do julgamento alheio quanto a não ter companheiro, e por fim a carência afetiva que é o medo de não conseguir qualquer afeto de outra pessoa e sendo assim aceita “migalhas” afetivas que o parceiro abusivo oferece entre momentos de agressão verbal, emocional ou física.

Carência afetiva, porque?

Há uma serie de possibilidades para uma pessoa sofrer de forma constante de carência afetiva, uma das possibilidades seria não ter recebido o afeto esperado de seus pais ou pessoas significativas em sua primeira infância e adolescência. Família emocionalmente ausente pode criar pessoas com baixíssima auto estima. A partir daí esta pessoa passa a não se considerar merecedora de carinho e quando recebe algum afeto, mesmo que em paralelo venha também muita truculência, esta pessoa sente-se tão grata pelo mínimo afeto recebido que acredita que esta seria sua única chance na vida em ter uma vida afetiva. Outra possibilidade para que alguém sofra de constante carência afetiva seria uma característica de personalidade onde a necessidade de muita emoção leva a pessoa a se envolver com outras pessoas que vivem em verdadeiras “montanhas russas” emocionais. Hora amam loucamente mas no momento seguinte desprezam e fazem coisas de total agressão ao outro.

Agende sua consulta >> Ligue no (11) 3262-0621 ou clique aqui

Carência feminina pode atrapalhar um relacionamento

A carência afetiva pode deturpar totalmente a visão do que de fato está ocorrendo. Uma pessoa que agride o outro por ciúmes, ou seja, por sentimento de posse, pode ser visto como manifestação intensa de amor. O carente também aceitará humilhações que criam efeito cascata e fará a cada vez com que o outro o valorize cada vez menos.

Carência feminina pode prejudicar a autoestima e segurança da mulher

Uma carente afetiva pode ter auto estima muito rebaixada e total insegurança. Para eliminar é preciso entender seu histórico de vida, as situações que viveu que possam ter deixado marcas ou entender bem suas características de personalidade para que possa mudar os pontos que lhe fazem tão frágil. Um psicólogo pode ajudar em muito nesta empreitada.

Como reconhecer que a mulher reatou ou está naquele relacionamento por causa da carência

Um relacionamento baseado em amor requer troca, claro que sempre há concessões mais deve ser produtivo para ambos. Quando percebemos uma parte desfrutando a vida, fazendo coisas que só beneficiam a si mesmo, e a outra parte engolindo humilhações e pagando preços desproporcionais somente para manter-se no relacionamento estamos diante de um carente afetivo.

Marisa de Abreu Alves
Psicóloga
CRP 06/29493


psi2

Escolha aqui seu Psicólogo - Quanto custa a psicoterapia? - Informações gerais
Consulta com psicólogo - Agende aqui

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.
Escolha aqui seu Psicólogo
Quanto custa a psicoterapia
Informações gerais
Consulta com psicólogo
Agende
aqui

AGENDE SUA CONSULTA

(11) 3262-0621 / Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Unidade I

Rua Bela Cintra, 968
(Av. Paulista)

Unidade II

Rua Frei Caneca, 33
Centro - SP