Psicólogos em São Paulo

Como tratar transtornos de ansiedade através de psicoterapia online

 

A psicoterapia online pode ajudar no tratamento de diversos problemas, inclusive transtornos de ansiedade.

Com a resolução 11/2018 do Conselho Federal de Psicologia a psicoterapia online deixou sua fase de testes e está totalmente liberada, da mesma forma que o atendimento presencial.

Apesar de não contar com o ambiente físico acolhedor e a presença física do psicoterapeuta, que são elementos importantes para o trabalho psicoterapêutico, a psicoterapia online oferece vantagens ligadas a maior flexibilidade e possibilidade de formatos de atendimento.

cta agende consulta

Psicoterapia online

A psicoterapia pode ocorrer em tempo real, chamada síncrona, ou de maneira assíncrona, como num chat, ou programa de bate-papo.

Há ainda a possibilidade do psicoterapeuta gravar vídeos ou áudios com instruções ou outros conteúdos que são disponibilizados ao paciente de acordo com um planejamento prévio.

Tudo depende do contato inicial entre cliente e psicoterapeuta e o contrato que se estabelece a partir daí.

Itens como frequência, modalidade de atendimento, duração das sessões, além de informações sobre tipo de técnica e embasamento teórico do psicoterapeuta são questões normalmente abordadas no início do contato, como numa psicoterapia presencial.

Como tratar transtornos de ansiedade

A psicoterapia online pode ser crucial para tratar transtornos de ansiedade.

Através de encontros frequentes, geralmente semanais, o psicoterapeuta pode orientar o paciente além de monitorar tarefas que visam a melhora ou extinção de comportamentos, pensamentos ou crenças ligadas a uma ansiedade nociva.

Dependendo da abordagem teórica e técnica do profissional, uma sessão de atendimento pode variar de cerca de 50 minutos até 1h30.

Uma das abordagens que se beneficia do formato online é a terapia cognitiva comportamental.

Como tratar transtornos de ansiedade com terapia cognitiva comportamental (TCC)

A terapia cognitiva comportamental (TCC) é uma das opções de psicoterapia online disponíveis atualmente que apresenta bons resultados.

Nessa abordagem o psicoterapeuta pode orientar o cliente a realizar algumas tarefas que alterem comportamentos e padrões de pensamentos negativos.

Um dos treinos mais utilizados é o de relaxamento e controle da respiração.

Nessa modalidade o paciente é orientado a determinar os sinais e sintomas que indicam aumento da ansiedade e realizar exercícios de respiração e/ ou relaxamento para evitar mais ansiedade. T

ranstorno de ansiedade generalizada, transtorno do pânico e transtorno de ansiedade social são alvos usuais de ambos os exercícios.

Os exercícios respiratórios são projetados para reduzir a hiperventilação e alcançar uma respiração mais profunda.

Recomenda-se que os pacientes façam este exercício ao longo do dia, independentemente dos sintomas ou sinais de ansiedade, o que ajuda a aplicar este exercício em momentos críticos.

De modo geral, as técnicas de relaxamento ajudam a reduzir a ansiedade basal e ajudam a autocontrolar a percepção da ansiedade, e são amplamente utilizadas para exercícios de exposição reais aos eventos que causam ansiedade.

O relaxamento mais utilizado é o de Jacobson, no qual o paciente é orientado a observar cada grupo muscular, identificar tensões e promover relaxamento muscular antecedido por um breve tensionamento da mesma região.

As alterações comportamentais são possíveis também graças a um sistema de metas que devem ser alcançadas, promovendo a aquisição, ao longo do tempo, de autonomia do paciente para poder lidar com as questões conflituosas sozinho, sem necessitar de ajuda externa.

cta agende consulta

 

Diagnóstico de transtorno de ansiedade

O diagnóstico precoce e o tratamento eficaz dos transtornos de ansiedade podem reduzir o impacto da ansiedade nas funções acadêmicas e sociais de jovens e nos sintomas que persistem na idade adulta.

Um tratamento psicológico para transtornos de ansiedade geralmente se inicia com a educação sobre o que é ansiedade normal e quando ela se torna patológica- para pais e filhos no caso de ansiedade em crianças.

Informações sobre sintomas, curso clínico, natureza genética da doença, opções de tratamento e prognóstico são úteis para a compreensão e o manejo.

Também é importante determinar quais fatores são mais suscetíveis em contribuir para perpetuar os sintomas, de modo que se possa buscar alternativas inclusivas e estimular as oportunidades de interação social com objetivo de melhorar as habilidades sociais.

Manejo comportamental como tratamento para transtorno de ansiedade

A gestão do comportamento é aplicável a todos os casos de transtorno de ansiedade e pode incluir sessões online.

A psicoterapia inclui a educação e, em alguns casos, treinamento para lidar com os sintomas e atitudes de disfunção, como comportamento de evitação ou enganos cognitivos.

Para transtorno de ansiedade leve em crianças com menos de 9 anos de idade, alguns estudos mostraram que este tratamento é o bastante para melhora dos sintomas.

No entanto, se não houver melhora ou se os sintomas forem mais graves, outros tratamentos devem ser combinados.

Dentre os tratamentos psicossociais para crianças com transtornos de ansiedade, a TCC é destacada como a que apresenta melhores resultados verificáveis.

Busque um profissional e saiba mais sobre como tratar transtornos de ansiedade com psicoterapia online

A psicoterapia online é uma ótima opção para tratar transtornos de ansiedade pois alia resultados similares ao tratamento presencial e a flexibilidade de horário e local de atendimento.

Agende agora sua consulta com um de nossos especialistas.

CORDIOLI, Aristides Volpato; GREVET, Eugenio Horacio. Psicoterapias: Abordagens Atuais. Artmed Editora, 2018.

Imprimir