Psicólogos em São Paulo

Infográfico - Estafa mental: 4 Tratamentos psicológicos para lidar com Burnout

A síndrome de burnout afeta trabalhadores em muitas áreas, especialmente na área de serviços e cuidados de saúde. A estafa mental pode ser considerada um dos seus sintomas ou uma questão à parte, sentida muitas vezes como exaustão generalizada.

Em grande medida o estresse envolvido na produção da estafa mental se inicia no excesso de trabalho e exigências, no retrabalho e em atividades inúteis no local de trabalho.

Podemos transpor essas características para o ambiente doméstico que para muitos de nós agora se transformou em ambiente de trabalho home office, se somando essa dimensão às tarefas domésticas e rotinas do lar compartilhadas por familiares e/ou outros moradores.

O contexto da pandemia pode contribuir e muito para o surgimento da estafa mental e suas consequências deletérias na saúde mental.

infografico estafa mental

Estresse e exaustão

O estresse é algo que todos sentimos vez ou outra. Diante de situações perigosas, ou mesmo desafiadoras, o nosso corpo se prepara para ações extremas como lutar ou fugir de um predador.

Existe uma injeção natural de hormônios como cortisol e adrenalina que nos preparam para reações físicas e raciocínios rápidos diante de ameaças.

Mas assim que o agente estressor é removido, nosso corpo deve tende a voltar ao equilíbrio normal.

A estafa mental é o resultado de um processo de estresse prolongado, ou seja, quando você está constantemente vivenciando situações percebidas como perigosas.

Exaustão física

A exaustão física, que é um estado extremo de fadiga que deixa a pessoa fisicamente esgotada, é um efeito colateral que pode ser causado pela estafa mental.

A percepção do esforço para a realização da atividade física é a principal afetada pela estafa mental.

A exaustão mental prejudica o desempenho físico e pode fazer com que até tarefas ou exercícios simples pareçam fisicamente mais desgastantes e exigentes.

Sintomas

A estafa mental está diretamente ligada à síndrome de burnout, ainda que esta síndrome não esteja listada em nenhum manual atual- a Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID), trará a caracterização de “síndrome de burnout” na sua próxima edição (CID 11), que entrará em vigor em 2022.

A estafa mental pode apresentar sintomas inespecíficos como sentimentos de frustração, raiva, medo ou ansiedade.

A ansiedade, principalmente, faz parte de muitos quadros psicopatológicos e da nossa vida em geral, sem necessariamente ser um problema, afinal um pouco de ansiedade pode ser essencial inclusive para se aprender algo novo.

O burnout também pode trazer uma sensação de incapacidade de sentir felicidade, alegria, prazer ou contentamento.

Além disso, a estafa mental pode envolver sintomas físicos como insônia, tensão muscular, dores de cabeça e problemas gastrointestinais.

infografico estafa mental

Quando acontece a estafa mental?

Os termos estafa mental e burnout são frequentemente usados para se referir a sobrecarga ou estresse no local de trabalho, mas a exaustão mental pode ser causada por um prolongado período de estresse persistente em qualquer área de sua vida.

Embora os gatilhos de estafa mental não sejam os mesmos para todos, alguns são mais comuns do que outros.

Em tempos de pandemia onde podemos sentir os nervos à flor da pele, nossa mente pode estar alerta por mais tempo, como num estado de perigo constante, devido a ameaça do novo coronavírus.

Esse trabalho extra e constante da nossa mente pode disparar um quadro de estafa mental.

Algumas causas mais comuns de exaustão mental incluem:

4 Tratamentos psicológicos para lidar com a estafa mental do burnout

Inicialmente podemos dizer que é imediatamente benéfico afastar-se, se possível, daquilo que lhe estressa, ou da rotina que lhe causa estafa mental.

Sabemos o quanto pode ser difícil até mesmo saber o que mudar ou o que evitar.

Há uma ampla diversidade de abordagens terapêuticas disponíveis: cognitivo-comportamentais, psicodinâmicas, interpessoais, entre outras; que podem ser aplicadas brevemente e com foco na síndrome de burnout e na estafa mental.

Os tratamentos psicológicos, ou psicoterapias, vão em grande medida trabalhar a sua autopercepção e autodeterminação para que você crie um repertório e um olhar sobre si e o mundo que privilegie ações positivas e mais equilibradas para si mesmo.

Esse apoio social deve ser percebido como acessível para o paciente, caso contrário essa dimensão não faz muita diferença.

Assim, a psicoterapia pode ajudá-lo a se fortalecer e construir redes de apoio próximas e acessíveis.

Terapia cognitivo comportamental (TCC)

O modelo da terapia cognitivo comportamental (TCC) é um dos mais utilizados para lidar com as consequências da estafa mental e burnout.

Desse modo ela também se torna uma das mais pesquisadas e tem seus métodos absorvidos por outras abordagens, provavelmente por suas técnicas representarem para muitos pacientes um alívio imediato ou focar em sintomas e questões mais atuais.

Programas de tratamento cognitivo-comportamentais e multidimensionais parecem exibir efeitos mais significativos, e mais eficazes que intervenções focadas apenas em aspectos de relaxamento.

A TCC também pode oferecer um treinamento que enfatiza a importância do autocuidado e do equilíbrio entre trabalho e outros interesses também é essencial para contrariar as expectativas irrealistas de si próprio.

Mindfulness

O treino de mindfulness (atenção plena) tem mostrado resultados promissores no auxílio à estafa mental, particularmente em relação à redução das ruminações neuróticas e auto expectativas.

Essa técnica é utilizada por muitos psicoterapeutas e não somente pelos da TCC.

Psicoterapia psicodinâmica

A psicoterapia psicodinâmica é outra abordagem que pode ajudar no tratamento da estafa mental.

O foco dessa modalidade são os conflitos inconscientes e sua dinâmica com o ambiente e com o eu consciente.

Para lidar com esse tumultuado processo interno e suas consequências para o “eu” desperto e ativo no mundo, o psicoterapeuta buscará nas fundações da personalidade origens de traumas e dificuldades.

As questões problemáticas poderão ser elaboradas de acordo com sua ocorrência no setting terapêutico de maneira mais produtiva e valiosa, trazendo mais equilíbrio e força para o indivíduo.

Através de encontros frequentes, psicoterapeuta e cliente trabalharão para desfazer nós inconscientes e criar condições mais favoráveis à integridade pessoal de quem sofre de estafa mental.

infografico estafa mental

Psicologia positiva

A psicologia positiva visa trabalhar os aspectos positivos da sua vida, sobretudo fomentar mais emoções positivas, sendo uma alternativa de tratamento para a estafa mental.

Constituindo-se mais como um movimento internacional de diversos profissionais do que uma nova abordagem teórica, ela continua ganhando espaço em nosso mundo.

A psicologia positiva se baseia em cinco pilares voltados para o estabelecimento do bem-estar: emoção positiva, engajamento, relacionamentos, significado e realização.

De modo geral, essa abordagem visa manter a pessoa ancorada em suas boas emoções e potencialidades, construindo uma percepção mais positiva sobre si e o ambiente.

A estafa mental pode ser combatida através de mindfulness e outras técnicas que possibilitem que a pessoa perceba suas qualidades e vislumbre caminhos mais proveitosos para si.

Busque um especialista

A estafa mental é um problema presente em ambientes de trabalho e outros cenários e pode ser uma terrível novidade nesse momento de pandemia para muitos de nós.

Com sintomas físicos e psicológicos a estafa mental pode passar despercebida por algum tempo até que nos sintamos realmente incapazes de qualquer coisa.

A estafa mental pode ser potencializada devido à redução das oportunidades de ligação interpessoal e de apoio social.

Devemos ficar atentos e não criar diagnósticos a partir de qualquer tristeza ou estresse que vivamos, especialmente num momento desafiador como o da pandemia, mas se seu humor estiver constantemente baixo, ou se você sentir sintomas de estafa mental por mais de algumas semanas é recomendável buscar um especialista.

Agende uma consulta com um de nossos especialistas para superar uma potencial estafa mental ou outra questão difícil.

Imprimir