Psicólogos em São Paulo

5 motivos para tratar vaginismo com psicoterapia

O vaginismo talvez seja a mais benigna de todas as disfunções sexuais e seu tratamento geralmente tem alto percentual de êxito.

De acordo com um relatório de 2002 da OMS (Organização Mundia de Saúde) a sexualidade é um aspecto central do ser humano durante toda sua vida e abrange o sexo, as identidades e os papéis de gênero, orientação sexual, erotismo, prazer, intimidade e reprodução.

A psicoterapia favorece uma melhor compreensão de si mesmo facilitando estratégias que promovem o bem-estar. 

Abaixo mostramos ainda mais motivos para tratar o vaginismo com psicoterapia:

Ao tratar o vaginismo com psicoterapia também é possível a inclusão do parceiro(a) nas sessões para uma melhor evolução se isso for conveniente para as pessoas envolvidas.

Marisa de Abreu

Psicóloga

CRP 06/29493

Agende sua consulta >> Ligue no (11) 3262-0621 ou clique aqui

Referência

SERRA, Melina et al. Qualidade de vida e disfunção sexual: vaginismo. Dissertação de Mestrado, PUCSP. São Paulo, 2009.

 

Imprimir