Para agendar sua consulta
entre em contato:
(11) 3262-0621 / (11) 99787-4512.

Unidade I: Rua Bela Cintra, 968 (Paulista) - Unidade II: Rua Frei Caneca, 33 (Consolação) - (11) 3262-0621 - Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Menopausa emocional

Entrevista cedida pela psicóloga Cleonice Ester Rigamonti de Medeiros CRO 06/89208 para a jornalista Fernanda Cury para o portal Vital da Unilever.

Muito se fala das consequências físicas da menopausa, porém ela também mexe com a parte emocional.

Psicolgo para tratar menopausa emocional- Quais mudanças ocorrem na parte psicológica e por que?

Psicóloga: O ser humano é concebido biopsicossocialmente, de forma que não dá para desvincular o corpo da mente. Ocorre que, por conta das mudanças físicas, advindas do climatério, a parte psicológica da mulher acaba sendo afetada.O envelhecimento é um processo natural no ciclo vital, porém cada mulher o enfrenta de maneira diferente. Isso vai depender das características intrapsíquicas, como também do contexto sócio cultural em que ela está inserida, dentre outros. Mulheres em condições psíquicas adequadas (ambiente familiar favorável, boa dosagem de autoestima), quando atingem esse estágio da vida, estão mais aptas a enfrentar de maneira satisfatória as conseqüências do climatério, mantendo o equilíbrio, a sensatez, entendendo esse momento como uma etapa natural e inerente à sua condição feminina. Entretanto, outras mulheres, mais fragilizadas por aspectos da personalidade, com tendência ansiosa, que se encontrem em situações de estresse físico ou emocional, ou que são extremamente vaidosas e preocupadas com a sua aparência, podem encontrar dificuldades para lidar com os efeitos dessa fase. E dependendo do grau de dificuldade que elas encontrarem, pode acarretar-lhes um intenso sofrimento, que as torna vulneráveis a certas patologias.Cabe lembrar também a respeito do padrão de beleza que é imposta às mulheres, pela sociedade e pela mídia, valorizando tanto a juventude. Quando a mulher se apega a isso, ao chegam à menopausa, constatando as mudanças de seu corpo, que já não corresponde a esse padrão, sofre conseqüências psicológicas quanto ao enfrentamento da velhice, fazendo com que a questão da finitude se apresente mais intensamente. Por isso, é possível compreender o porquê muitas mulheres com idades mais avançadas utilizam roupas e têm atitudes de adolescentes. Seria uma tentativa de driblar o tempo que, de mansinho, vai passando e deixando suas marcas? É possível.

- Esta fase pode trazer muita angustia para a mulher, causadas até mesmo pela perda da libido e o fim da fertilidade. Como reverter estes problemas emocionais?

Psicóloga: A menopausa é o último período menstrual do ciclo reprodutivo da mulher, caracterizado por não mais procriar.O acontecimento dessa fase caracteriza-se por uma sintomatologia que, embora passageira, chega desestabilizando o organismo feminino. Ocorre a queda hormonal, taquicardia, ansiedade, fadiga, ondas de calor, sinal de rubor, irritabilidade, perda de autoestima, distúrbio no ritmo sono-vigilia, diminuição da libido, secura vaginal, ganho de peso localizado, depressão etc.Esse fenômeno biopsicossocial, gerado nesse ciclo da vida, pode explicar os problemas emocionais vividos pela mulher. Tem também a questão da finitude que vai se aproximando, trazendo angustia. Ocorre também a síndrome do ninho vazio, com a saída dos filhos de casa, para estudarem, ou para se casarem; às vezes, o relacionamento do casal apresenta um desgaste..., tudo isso somado intensifica os conflitos.Estudos mostram que mulheres ocidentais que se encontram na fase da menopausa se queixam da diferença que há entre as sociedades ocidental e oriental. Pois esta expressa o valor que têm homens e mulheres idosos, na contribuição para a formação dos mais jovens. Onde é considerada e valorizada a sabedoria do idoso.Isso é muito importante, uma vez que ajuda a manter o senso de pertencer e de contribuir para os que estão começando a trajetória da vida.Por outro lado, o referido estudo mostra que a sociedade brasileira apresenta valores característicos da pós-modernidade, descartando objetos, pessoas e relações com certo menosprezo pelo valor da vida. Com isso, a velhice tem sido vista de forma pejorativa.A psicoterapia ajuda e muito a mulher na passagem desse momento mais conflitante e de extrema vulnerabilidade. Portanto, é importante que a mulher, nessa fase, procure um profissional tanto na área médica como na psicológica, os quais poderão dar o suporte necessário à superação das respectivas dificuldades.

Agende sua consulta >> Ligue no (11) 3262-0621 ou clique aqui

ImprimirEmail

psi2

Escolha aqui seu Psicólogo - Quanto custa a psicoterapia? - Informações gerais
Consulta com psicólogo - Agende aqui

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.
Escolha aqui seu Psicólogo
Quanto custa a psicoterapia
Informações gerais
Consulta com psicólogo
Agende
aqui

AGENDE SUA CONSULTA

(11) 3262-0621 / Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Unidade I

Rua Bela Cintra, 968
(Av. Paulista)

Unidade II

Rua Frei Caneca, 33
Centro - SP