Para agendar sua consulta
entre em contato:
(11) 3262-0621 / (11) 99787-4512.

Atendimento on-line ou presencial na região da Av Paulista. Rua Bela Cintra, 968. - (11) 3262-0621 - Agendamento pelo WhatsApp (11) 99787-4512

Crise de choro na pandemia ? Saiba como a Psicologia pode te ajudar

O isolamento social durante a atual pandemia deve ser visto como um tratamento de saúde coletiva. Como em outras terapias às vezes ocorrem efeitos imprevistos e indesejados. Na pandemia pode ocorrer crise de choro, ansiedade, e outros transtornos psicológicos. A psicologia pode oferecer alívio e auxílio através de diferentes estratégias.

O afastamento de amigos e familiares, e as mudanças de rotina geralmente são temporários, por conta da quarentena, mas não se pode descartar danos a médio e longo prazo.

  • Saúde mental
  • É normal ter crises de choro?
  • Autocuidado na pandemia
  • Aconselhamento psicológico / acolhimento psicológico
  • Psicoterapia

Saúde mental

 

Saúde Mental refere-se à autonomia que cada um de nós tem para decidir e agir sobre nossas vidas, levando em consideração nossa capacidade de reação frente aos acontecimentos.

Ter uma boa “saúde mental” é poder vivenciar as emoções que nos tocam em nosso caminho e elaborá-las e relacioná-las ao conjunto de vivências que carregamos conosco, transformando e sendo transformados(as) pelos eventos da vida.

Ainda existe muita desinformação ou mesmo discriminação ao se falar sobre saúde mental. O sofrimento psicológico, com frequência, é visto como uma fraqueza, algo que a pessoa teria condições de resolver, mas não o faz.

Qualquer transtorno psíquico pode ser visto com uma falha moral em nossa sociedade.

Manter a saúde mental diante da elevada carga de estresse que todos estão passando frente à pandemia não é tarefa simples.

O sofrimento psíquico não é doença, logo cabe avaliar com muito cuidado a necessidade de medicalizar alguns sinais esperados frente à situações extremas.

A vivência de uma situação incerta como a que estamos atravessando agora produz ansiedade, medo e perturbações comportamentais, o que é perfeitamente esperado. Com base na experiência que todos estão vivendo, estratégias de cuidado têm sido aprimoradas e habilidades de resiliência têm sido desenvolvidas.

 

É normal ter crises de choro?

Uma crise de choro pode ser um sinal de alerta de que algo não está bem. Caso as crises de choro sejam frequentes e/ou muito intensas podem ser indício de distúrbios mais sérios como um transtorno de ansiedade ou depressão.

Todos possuímos força e habilidades para lidar com os desafios da vida. Em nossa história enfrentamos vários obstáculos, aprendemos a lidar com as frustrações de nossos desejos e objetivos desde crianças e continuamos lutando contra condições adversas até a invencível morte.

Às vezes podemos lidar com adversidades que parecem estar além do nosso poder de resolução, ou momentos em que problemas parecem nos sufocar.

O atual cenário de pandemia pode ocasionar uma sensação de esgotamento e perplexidade diante da vida que se manifesta, dentre outras formas, como uma crise de choro.

Reconhecer a necessidade de ajuda não deve gerar culpa, uma vez que sentimentos associados ao estresse ou ansiedade não são de modo algum reflexo da incapacidade de fazer algum trabalho, ou desempenhar um papel social, e nem tão pouco sinal de fraqueza.

Autocuidado na pandemia

Ao vivenciar situações que causam grande estresse e angústia, você pode encontrar alívio em estratégias simples de autocuidado.

Uma tática muitas vezes eficaz é expressar as emoções mais presentes, ou que mais lhe paralisam, de maneira falada ou escrita, por exemplo.

Cuide do seu sono, sua alimentação e tente não consumir muitas notícias sobre a pandemia, sobre a COVID-19, com muita frequência para não entrar num ciclo de paranoia midiática.

Podemos aprender com situações passadas, aprender com as estratégias usadas antes que poderiam ser úteis também agora. Embora o cenário seja outro, os métodos para gestão do estresse podem ser novamente acessadas de modo individual ou coletivo.

Organizar seu tempo para que tenha alguns momentos a sós, num ambiente protegido, para refletir sobre si, para realizar exercícios de respiração ou outras tarefas prazerosas para você pode ser um alívio necessário, especialmente na atualidade.

Manter contato com outras pessoas próximas, como amigos e familiares também é importante. Ainda que virtualmente, devido a necessidade de isolamento social para enfrentamento da pandemia, a manutenção de uma rede de relacionamentos é relevante para que- seres sociais que somos-, não nos sintamos aleijados de uma parte essencial da vida.

Caso a rede de suporte pessoal não esteja disponível ou que as estratégias usadas não sejam suficientes para estabilização emocional, considere como alternativa procurar ajuda profissional em saúde mental ou apoio psicossocial para receber orientações específicas.

Psicólogos(as) possuem formação e experiência que podem ajudar na organização dos sentimentos, às vezes difusos e confusos, compartilhando estratégias para resolução ou alívio das situações que causam sofrimento.

Aconselhamento psicológico / acolhimento psicológico

Uma abordagem oportuna neste momento é o Acolhimento Psicológico. Essa modalidade não se trata de uma psicoterapia (não haverá várias sessões), mas sim de uma intervenção pontual e imediata com objetivo de deter processo agudo de sofrimento psíquico e de manifestações sintomáticas que podem estar afetando negativamente a rotina de vida. Pode ser ofertada de forma presencial ou remota- especialmente enquanto vivenciamos a pandemia.

Há casos, no entanto, que exigem assistência psicoterápica com acompanhamento regular.

Psicoterapia

A psicoterapia é uma modalidade terapêutica exercida por psicólogos(as) com base em diferentes teorias do desenvolvimento, estrutura e expressão do psiquismo humano.

Há modalidades como a terapia cognitivo comportamental que valorizam as ações e pensamentos superficiais diretamente conectados ao comportamento observável das pessoas e seus desvios e trabalha para sua transformação neste nível mais prático e imediato.

Outras opções incluem as chamadas psicoterapias psicodinâmicas, que lidam com a estrutura psíquica profunda, incluindo a ideia de inconsciente e sua influência insuspeita sobre nossas ações, pensamentos, e desejos.

Toda psicoterapia tentará melhorar o bem estar da pessoa atendida. Não é preciso conhecer ferramentas profissionais da saúde mental para buscar auxílio num momento difícil com um(a) profissional habilitado(a).

Uma crise de choro diante das mudanças coletivas e individuais que sofremos pode ser tanto sinal de boa saúde como um alerta de que estamos fragilizados(as) demais. Sentir-se desafiado neste momento de pandemia é esperado. Caso as maneiras que você geralmente utiliza para relaxar e se fortalecer estejam falhando busque ajuda qualificada.

Entre em contato conosco para conseguir o apoio necessário. Pedir ajuda não é vergonha, é indicação de maturidade.

Marisa de Abreu

Psicóloga

CRP 06/29493

Agende sua consulta >> Ligue no (11) 3262-0621 ou clique aqui

Referência:

WEINTRAUB, Ana Cecília Andrade de Moraes et al. Saúde mental e atenção psicossocial na pandemia COVID-19: orientações aos trabalhadores dos serviços de saúde. 2020.

psi2

Escolha Aqui seu Psicólogo - Quanto Custa a Psicoterapia? - Informações Gerais
Consulta com Psicólogo - Agende Aqui

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.
Escolha aqui seu Psicólogo
Quanto custa a psicoterapia
Informações gerais
Consulta com psicólogo
Agende
aqui

AGENDE SUA CONSULTA

(11) 3262-0621 / Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Unidade Paulista

Rua Bela Cintra, 968
(Av. Paulista)