Para agendar sua consulta
entre em contato:
(11) 3262-0621 / (11) 99787-4512.

Unidade I: Rua Bela Cintra, 968 (Paulista) - Unidade II: Rua Frei Caneca, 33 (Consolação) - (11) 3262-0621 - Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Oneomania, o vício por compra compulsiva

O consumo compulsivo é um comportamento persistente centrado no processo de comprar, e não nas compras propriamente ditas. ¹

Resultados de pesquisas que indicam que as pessoas que compram compulsivamente costumam ter baixa autoestima e são mais propensas a fantasias.²

O consumo compulsivo se dá de forma descontrolada, com maior frequência e quantidades excessivas. O(a) consumidor(a), neste caso, sente um impulso comportamental, nega as suas consequências e não consegue controlar esse comportamento.²

A esse consumo exagerado, sem controle e compra de produtos desnecessários, é dado o nome de “oneomania”.

Quem sofre com a oneomania pode usar de racionalizações para justificar seu consumo excessivo como: recompensas por algo que se conquistou, ou se perdeu, ou ainda uma compensação por um dia “ruim” ou simplesmente porque “eu mereço”, entre outras.³

Oito entre cada dez oneomaníacos (quem sofre de oneomania) sofrem de depressão, além disso, podem aparecer complementarmente o transtorno bipolar ou o alcoolismo, ou outros comportamentos compulsivos, ligados a, por exemplo, alimentos, jogos etc.4

Um trabalho de 2014 nos traz no depoimento de pessoas com oneomania registros de uma grande urgência em comprar e em consumir, provocado pela ânsia de querer amenizar suas frustrações ou sentimentos diários de vazio, solidão, vergonha e incompreensão.4

Porém, seus atos compulsivos não estão relacionados apenas a grande urgência em comprar e consumir, mas estes mesmos atos são responsáveis pela busca da felicidade que se torna, assim como o consumo e a compra, urgente e compulsiva.4

Além disso, esta relação está intrinsecamente associada a sua maior consequência social, o endividamento financeiro, e/ou o prejuízo pessoal, financeiro e familiar.4

Numa situação de superendividamento é comum as pessoas referirem o que ocorre para além do financeiro: vergonha por causa das ligações e cartas de cobrança; relações familiares abaladas pela situação; medo de que o chefe ou colegas de trabalho saibam da situação (ou, quando desempregadas, de terem vaga negada por estarem com o “nome sujo”, isto é, figurarem nos cadastros de inadimplentes); adoecimento físico e psíquico (angústia, depressão, insônia, pânico das cobranças, etc.); vergonha dos credores, mas também raiva pelas restrições e cobranças constrangedoras que sofrem.5

Mas a oneomania e superendividamento- que pode acompanhá-la- é um fenômeno socialmente individualizado: “é seu esse problema que o arrasta para um descrédito social”. Um estigma moral se estabelece, gerando mal-estar e tensionando a condição de cidadania.5

Aos(às) psicólogos(as) compete auxiliar na diminuição do sofrimento individual causado pela oneomania mas também produzir conhecimentos e intervenções que abram espaços para as pessoas refletirem e, assim, transcenderem as condições que os engendram.5

 Marisa de Abreu

Psicóloga

CRP 06/29493

Agende sua consulta >> Ligue no (11) 3262-0621 ou clique aqui

Referências:

1 SOLOMON, Michael R. O Comportamento do Consumidor – comprando, possuindo e sendo. São Paulo: Bookman Companhia Editora, 2002.

2 O‟GUINN, Thomas C. & FABER, Ronald J. Compulsive Buying: A Phenomenological Exploration. Journal of Consumer Research, p. 147-157, 16 (September), 1989.

3 SANTANA, Cristiano Pereira. Oneomaniácos: gastadores compulsivos. http://www.administradores.com.br/informe-se/artigos/oneomaniacos-gastadores-compulsivos/35741/

4 AMORIM, Jéssica Ferrer Eduardo de. Consumismo, compulsão e felicidade: a representação social da felicidade nas práticas de consumo compulsivo. 2014. 113 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia)- Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2014.

5 HENNIGEN, I.; & Gehlen, G. Com a “vida” no vermelho: psicologia e superendividamento do consumidor. Pesquisas e Práticas Psicossociais 7(2), São João del-Rei, julho/dezembro 2012.





psi2

Escolha aqui seu Psicólogo - Quanto custa a psicoterapia? - Informações gerais
Consulta com psicólogo - Agende aqui

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.
Escolha aqui seu Psicólogo
Quanto custa a psicoterapia
Informações gerais
Consulta com psicólogo
Agende
aqui

AGENDE SUA CONSULTA

(11) 3262-0621 / Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Unidade I

Rua Bela Cintra, 968
(Av. Paulista)

Unidade II

Rua Frei Caneca, 33
Centro - SP