Para agendar sua consulta
entre em contato:
(11) 3262-0621 / (11) 99787-4512.

Unidade I: Rua Bela Cintra, 968 (Paulista) - Unidade II: Rua Frei Caneca, 33 (Consolação) - (11) 3262-0621 - Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Aspectos psicológicos da obesidade infantil

Kathalian³, numa perspectiva psicanalítica, analisa os mecanismos orais do obeso considerando que o comer pode significar: o medo de sofrer privações, a necessidade de amor, o desejo hostil de eliminar um inimigo, a reação a uma separação ou perda, entre outros.

Os fatores internos também podem ser doenças que, uma vez diagnosticadas pelos médicos, devem ser tratadas de acordo e com o acompanhamento desses profissionais e outros que se fizerem necessários.

Já os fatores externos são alvo de uma grande diversidade de abordagens, desde campanhas governamentais, projetos educativos de alfabetização nutricional, até uma abordagem personalizada com acompanhamento terapêutico da família de modo a auxiliar o efetivo desenvolvimento de bons hábitos alimentares nos jovens.

Mello e colaboradores em trabalho de 2004 afirmam que o hábito de obrigar, logo na primeira infância, que a criança coma além do que seu corpo pede não é recomendado pois pode prejudicar a sua autopercepção e autorregulação alimentar.

Outro fator importante apontado pelos autores são os efeitos nocivos dos alimentos hipercalóricos logo na primeira infância, momento em que o desenvolvimento cerebral está acontecendo de forma vigorosa e pode marcar fortemente todo o comportamento futuro dessa pessoa a partir já da infância.

A alimentação media muitas das relações interpessoais, principalmente na infância. O desenvolvimento de obesidade infantil (de causa externa) geralmente envolve todo o entorno da criança. Uma vez constatado um quadro de obesidade e cientes dos riscos para o bom desenvolvimento físico e emocional desses jovens, é importante que se procure ajuda profissional.

Para que se planeje estratégias e tratamento eficazes o envolvimento da família é fundamental- contando sempre com o apoio de um profissional da área.

Marisa de Abreu Alves

Psicóloga

CRP 06/29493

Agende sua consulta >> Ligue no (11) 3262-0621 ou clique aqui

1 - PORTAL BRASIL. Brasil supera baixo peso infantil, mas obesidade preocupa. Disponível em <http://www.brasil.gov.br/cidadania-e-justica/2015/03/brasil-supera-baixo-peso-infantil-mas-obesidade-preocupa>

2 - PORTAL BRASIL. Obesidade cresce 60% em dez anos no Brasil. Disponível em <http://www.brasil.gov.br/saude/2017/04/obesidade-cresce-60-em-dez-anos-no-brasil>

3 - KATHALIAN, A. (1992). Obesidade: Um Desafio. Psicossomática Hoje. Porto Alegre: Artes Medicas.

4 - Obesidade infantil: como podemos ser eficazes? Jornal de Pediatria - Vol. 80, No3, 2004

E.D. de Mello, V.C. Luft, F. Meyer

psi2

Escolha aqui seu Psicólogo - Quanto custa a psicoterapia? - Informações gerais
Consulta com psicólogo - Agende aqui

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.
Escolha aqui seu Psicólogo
Quanto custa a psicoterapia
Informações gerais
Consulta com psicólogo
Agende
aqui

AGENDE SUA CONSULTA

(11) 3262-0621 / Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Unidade I

Rua Bela Cintra, 968
(Av. Paulista)

Unidade II

Rua Frei Caneca, 33
Centro - SP