Para agendar sua consulta
entre em contato:
(11) 3262-0621 / (11) 99787-4512.

Unidade I: Rua Bela Cintra, 968 (Paulista) - Unidade II: Rua Frei Caneca, 33 (Consolação) - (11) 3262-0621 - Envie Whatsapp (11) 99787-4512

O que é Crise de Ansiedade?

Uma pessoa constantemente ansiosa está sempre tensa, preocupada com um futuro cheio de probabilidades com as quais se ocupa. Tal "pré ocupação" compromete o presente, visivelmente no cotidiano, quando, por exemplo, esquecemos de compromissos ou o local onde deixamos objetos por conta de nosso foco, nossa atenção, estar em outro tempo e lugar.

Fisicamente a ansiedade pode apresentar sensações que podem assumir a face de uma crise, chamada crise de ansiedade, também conhecida como crise de pânico e ataque de pânico¹.

No entanto, nem sempre os ataques de pânico estão relacionados à percepção de perigo ou ameaça. Por exemplo, percepções de perigo ou ameaça são negadas por alguns pacientes, outros ainda não associam a alteração do ritmo cardíaco ao ataque de pânico¹.

Numa crise de ansiedade é como se a subjetividade, a organização mental da pessoa, fosse tomada pela sensação de ameaça de fracasso, despersonalização, enlouquecimento ou até morte. Na síndrome do pânico o que ocorre é que a desestabilização é levada a tal ponto que se ultrapassa o que se pode suportar². É como se a pessoa tivesse braços e pernas amarrados a cavalos que pretendem correr para diferentes direções. Existe um iminente descontrole corporal, onde tudo em volta se despedaça e é no corpo que se percebe as consequências mais visíveis.

A crise de pânico pode parecer um ataque cardíaco, uma convulsão ou até mesmo um AVC (acidente vascular cerebral), também conhecido como derrame.

Ataques de Pânico são crises de medo e desconforto intensos, acompanhados de quatro ou mais sintomas, que se desenvolveram súbita e abruptamente e alcançaram um pico máximo em 10 minutos².

Sintomas Físicos Comuns:

Taquicardia (aumento da frequência cardíaca – percebida como batedeira no peito);Sudorese intensa;Tremores;Falta de ar;Formigamento nas mãos;Ondas de calor;

Sintomas Psíquicos Comuns:

Desespero;Sensação de descontrole ou de enlouquecer;Sensação de Morte Iminente;Angústia;Vontade de sair correndo;

Para ajudar a pessoa é fundamental manter a calma, pedir a ela que se sente e que respire profunda e lentamente. A respiração lenta e profunda alivia os sintomas. Pode ser importante ajudar a pessoa em crise a ir para outro local, e sair da situação estressante que pode ter causado a crise. Depois é preciso buscar atendimento médico e psicológico.

1 Yano, Y., Meyer, S. B., & Tung, T. C. (2003). Modelos de tratamento para o transtorno do pânico. Estud Psicol, 20(3), 125-34.

2 SANTOS, Luciana Oliveira dos. O medo contemporâneo: abordando suas diferentes dimensões. Psicol. cienc. prof., Brasília , v. 23,n. 2,p. 48-49,jun. 2003 .

psi2

Escolha aqui seu Psicólogo - Quanto custa a psicoterapia? - Informações gerais
Consulta com psicólogo - Agende aqui

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.
Escolha aqui seu Psicólogo
Quanto custa a psicoterapia
Informações gerais
Consulta com psicólogo
Agende
aqui

AGENDE SUA CONSULTA

(11) 3262-0621 / Envie Whatsapp (11) 99787-4512

Unidade I

Rua Bela Cintra, 968
(Av. Paulista)

Unidade II

Rua Frei Caneca, 33
Centro - SP